Horizonte Musical

O que é o ‘‘Horizonte Musical - 1ª Edição’’?

O projeto prevê a realização de oficinas de música instrumental (violão, violino, violoncelo, piano, flauta e outros instrumentos) para crianças e adolescentes em vulnerabilidade social das escolas públicas, na sede da Paróquia Santa Luzia, localizada em Goiânia/GO.
O objetivo do Horizonte Musical é contribuir para dignidade humana e cidadania destes por meio da música. Ou seja, enriquecer a cultura e socialização, aumentar o potencial criativo, cognitivo e motor das crianças e adolescentes e também retirá-los de ambientes que as deixam vulneráveis aos riscos sociais como drogas e violências. Ao todo atingiremos 100 educandos
por mês no turno vespertino, durante 12 meses.

A Lei Federal de Incentivo à Cultura, permite que agentes incentivadores apoiem o projeto investindo valor a partir do imposto devido (artigo 18) da Lei nº 8.313/91, dentro dos percentuais permitidos pela legislação tributária.

Empresas: até 4% do imposto devido;

Pessoas físicas: até 6% do imposto devido.

O incentivo não altera o valor a pagar ou a restituir do seu Imposto de Renda, apenas redireciona parte do imposto para o projeto escolhido, contribuindo para atividades socioculturais e promovendo o desenvolvimento da sociedade

É comprovado que com atenção, ambiente seguro e a prática de atividades socioculturais fica mais fácil vencer os obstáculos e, consequentemente, vencer na vida.

Este é o objetivo do ”Projeto Horizonte musical – 1ª Edição”, proporcionar melhores oportunidades às crianças e adolescentes carentes e maior estímulo aos familiares que vivem grandes dificuldades financeiras. 

Padre Arpuim Aguiar de Araújo

Pároco de Santa Luzia, Goiânia/GO

“Os Projetos socioculturais que a ATLANTIS e a Arquidiocese de Goiânia desenvolvem com crianças, adolescentes e seus familiares é um trabalho relevante e essencial para a cidade de Goiânia/GO, para as famílias e comunidades carentes. Merece total apoio e incentivo, esse trabalho sociocultural de desenvolvimento humano. Destaco ainda a importância desse projeto para contribuir na valorização da arte tantas vezes deixada de lado. Por isso, estamos implantando na Paróquia Santa Luzia.” 

“Utilizar, durante o período vespertino, os espaços disponíveis na Paróquia Santa Luzia em Goiânia/GO. O ensino e prática de atividades musicais serão destinadas a crianças e adolescentes de 07 a 17 anos de idade, do ensino público. Durante 12 meses serão 1200 assistências a este público”.

Recursos materiais para as seguintes oficinas:

 Oficina de Violão, Viola Caipira e Ukulele;

 Oficina de Violino;

 Violoncelo e Viola de Arco; 

Oficina de Teclado, Piano e Acordeon; 

Oficina de Instrumentos de Sopro e Palhetas; 

Oficina de Percussão; 

Oficina de Canto; 

Oficina de Canto Coral; 

Oficina de Flauta Doce;

 Oficina de Teoria Musical;

 Oficina de Percepção Rítmica e Melódica; 

Recursos Humanos:

 01 Diretor Geral;

 01 Coordenador; 

01 Assistente Social; 

01 Assistente de Produção;

 02 Assistentes Gerais (uma merendeira e um auxiliar);

 01 Intérprete de Libras; 

02 Monitores para auxiliar os professores; 

07 Professores; 

01 Psicopedagogo; 

01 Contador;

 01 Advogado;

 01 Professor para flauta doce. 

01 Professor de instrumentos de percussão; 

02 Professores de canto e canto coral;

 03 Professores de piano, teclado e acordeom; 

05 Professores de instrumentos de sopro;

 05 Professores de instrumentos de corda;

 Benefícios:

 Alimentação;

 Transporte; 

Compra de Instrumentos Músicais.